NOVO LANÇAMENTO

Penso que este livro é uma prova da sua espontaneidade e do seu amor à vida e aos outros - fora e dentro dele. Ler estes poemas é como rever os momentos. Há uma energia infinita que ferve nele. Essa energia vê-se em todas as ideias que ele tem e no modo como se abre a todas elas. Como ele desabafa intimidades em espaços inesperados e aprecia qualquer pormenor da cidade, das pessoas, das árvores... como ele canta e faz dos detalhes simples do quotidiano uma música que não tem fim. Este conjunto de poemas poderia ser um caderno de bolso que o Diego transporta consigo para qualquer lado e escreve o que lhe vem à alma e ao coração. Um coração sem dúvida de alguém que tem muito a dar, a receber, a olhar e a sonhar.

 

Rita Couto

© 2023 by MATT WHITBY. Proudly created with Wix.com